Criar uma área verde no apartamento é muito importante para nos sentirmos mais conectados com a natureza. As áreas verdes das cidades grandes estão diminuindo a cada dia que passa e um modo de reduzir essa falta de olhar e sentir o cheiro das plantas pode resolvido na sua varanda.

Aliás, esse é o desejo de muitas pessoas, no entanto, antes de qualquer coisa é preciso entender como fazer essa transformação sem causar nenhuma espécie de problema para seu apartamento.

Por isso, neste artigo daremos dicas para quem deseja transformar a sua varanda em um belo jardim. Continue lendo este artigo e saiba como.  

Veja como é o clima na sua varanda

A primeira coisa que você precisa entender é o clima da sua varanda. Algumas varandas recebem muito sol, outras passam a maior parte do dia com sombra, já algumas receber fortes ventos.  É muito importante ter esse conhecimento, pois, isso vai influenciar e muito na escolha das plantas e do formato do jardim.

Para começar a responder estas questões, comece verificando a posição do seu apartamento, se fica do lado do nascente ou do poente. Em apartamentos mais baixos, analise se nada atrapalha a chegada do sol como postes, árvores e fios.  

Aposte na grama sintética

A grama sintética é uma opção bastante econômica, prática e eficaz. Criar um jardim na varanda requer muitos cuidados e a maioria das pessoas não tem tempo para isso. Além disso, a grama dar um ar de quintal dentro de um apartamento. Como nesse caso é preciso ter piso de areia para ter grama, então nessa situação a melhor opção é a grama sintética.

Além de deixar o visual da varanda mais bonita, a grama também dá uma sensação de aconchego e bem-estar no ambiente.

Escolha a planta de acordo com sua varanda

É muito importante escolher a planta de acordo com sua varanda. Por exemplo, algumas passam a maior parte do dia com sombra. Nesse caso você deverá optar por plantas que são indicadas para sombra.

Já para quem mora no alto de um prédio, geralmente recebe mais sol e por isso pode apostar em plantas que se desenvolvem melhor no sol. Se você mora logo nos primeiros andares, escolhas plantas como orquídeas, bromélias, samambaias e outras que se adaptam bem a um ambiente com pouco sol e vento.

Se você mora em andares mais altos, prefira aquelas plantas que possuam um caule mais grosso, devido à grande quantidade de vento nessa altura. Você pode escolher as suculentas, pata de elefante, espada de são Jorge, gardênia e outras. Já para aquelas varandas que são fechadas a recomendação é utilizar plantas como a Primavera, uma vez que a pouca ventilação pode a vida útil de outras plantinhas.

Escolha a terra e os vasos ideais

Não basta só escolher as plantas de acordo com o tipo da varanda, é preciso também escolher bem a terra e os vasos.

A terra precisa ser fértil e adubada. Os vasos precisam ser de acordo com a planta. Para plantas maiores e com caules grossos, o ideal são aqueles vasos maiores e mais resistentes. Para plantinhas pequenas, vasos pequenos. Outra dica é não completar o vaso totalmente com a terra, para que na hora de colocar água não derramar.  

Quer transformar sua varanda em um jardim? Clique aqui e saiba como!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *